13 Dicas de Revisão de Texto: Técnicas para Revisar Melhor | Fantástica Cultural

Artigo 13 Dicas de Revisão de Texto: Técnicas para Revisar Melhor
A R T I G OLiteratura

13 Dicas de Revisão de Texto: Técnicas para Revisar Melhor

Por Paulo Nunes ⋅ 28 out. 2023
Compartilhar pelo FacebookCompartilhar por WhatsAppCitar este artigo

Revisar um texto não é a mesma coisa que relê-lo. Confira 13 dicas para que você possa revisar seu texto com mais eficiência, aprimorando sua expressão.

Você sabe como fazer a revisão de seus próprios textos?

Revisar um texto não é a mesma coisa que relê-lo. A leitura feita pelo revisor (ou pelo próprio autor, quando revisando) deve empregar muito mais atenção e cuidado do que no caso de uma leitura comum, utilizando-se, também, de técnicas e estratégias de correção e aprimoramento. Como os aspectos a serem observados são numerosos, o ideal é que sejam feitas várias releituras, para que se possa dar atenção a cada um destes aspectos separadamente.

Abaixo, foram reunidas 13 dicas para que você possa revisar seu texto com mais eficiência, aprimorando sua forma de expressão.

1. Leia letra por letra

Mesmo quem domina a gramática e o vocabulário acaba deixando passar alguns erros. Nesses casos, a incorreção não ocorre por falta de conhecimento, mas por desatenção. Assim, uma técnica fundamental para o revisor é ler o texto letra por letra.

Em uma leitura comum, costumamos pular de uma palavra para a outra assim que as identificamos conscientemente. Não precisamos olhar cada uma das letras: a forma geral da palavra é o suficiente. É devido a este atalho de leitura que deixamos passar vários erros, como letras trocadas, falta de acentos, ou mesmo a ausência de sílabas inteiras.

O jogo da forca, por exemplo, só é possível porque tendemos a completar as lacunas automaticamente para deduzir a palavra. Veja se você consegue ler o texto seguinte:

152 2

Imagine quantos caracteres errados você já deixou passar graças a esse mecanismo da mente!

2. Não confie nos corretores automáticos

Sim, eles são muito úteis, nada menos do que um milagre da tecnologia. Mas não confie demais neles: sua capacidade de verificar a gramática é baixa. Se você escreve "carrro" com três erres, por exemplo, ele facilmente identificará que tal palavra não existe no dicionário. Mas se você escreve "eu comprei uma carro", muitos corretores não perceberão a incorreção, pois o problema não está na ortografia, mas na gramática (um sistema lógico muito mais complexo).

Veja, por exemplo, alguns erros que o Microsoft Word não consegue identificar:

152 3

Para estes casos, a única solução é o estudo da gramática portuguesa. Estude os manuais de gramática e, sempre que possível, pratique a escrita e a leitura de gêneros diversos (literatura, jornalismo, textos técnicos, etc.).

3. Amplie

Você não precisa ter dificuldades visuais para se beneficiar desta técnica.

Às vezes, só é possível identificar inconsistências textuais (como um itálico em lugar errado, um espaço duplo, a falta de um ponto final) quando enxergamos os caracteres bem de perto, ou em proporção expandida. Por isso, quanto mais ampliado estiver o texto, mais fácil e eficiente será sua revisão:

152 4

Naturalmente, isso dependerá em parte do tamanho do seu monitor. De qualquer forma, é sempre possível utilizar as ferramentas de zoom dos aplicativos (Word, Acrobat, etc.).

4. Imprima

Para quem tem uma impressora à mão, esta é uma boa maneira de potencializar a eficiência da revisão. Aparentemente, é mais fácil identificar erros quando o texto está impresso.

5. Consulte um dicionário

Não raro, confundimos o significado de palavras. Em alguns casos, a confusão pode ser cômica, e uma pequena gafe pode arruinar a seriedade de um texto, quando não a nossa própria reputação. Assim, com palavras com que não estamos bastante familiarizados, todo cuidado é pouco. Havendo dúvida, sempre consulte um dicionário confiável (impresso ou on-line).

152 5

E não se limite a consultar o significado das palavras. Tenha sempre em mente que os verbos possuem diferentes padrões de uso: alguns exigem preposições, complementos, outros não. Assim, se você quer saber se o certo é "nós visamos o cargo" ou "nós visamos ao cargo", o dicionário lhe dará uma resposta.

6. Concentração

Pode parecer óbvio, mas às vezes não nos damos conta da importância de um ambiente silencioso e livre de interrupções para a execução de tarefas delicadas que exigem grande concentração. Procure fazer suas revisões em local livre de ruídos e distrações. É justamente quando você interrompe a leitura para afagar o cachorro que alguns erros poderão passar despercebidos.

152 6

Agora, é fato que em alguns casos a busca por um ambiente silencioso é um desafio, dependendo de onde você mora e em que horário trabalha. Nestes casos extremos, tente isolar o som com fones de ouvido, escutando alguma música instrumental calma e constante, ou, em último caso, use tampões de ouvido.

7. Google it

A sua professora fez terror sobre a vigarice da internet? Não se assuste tão rápido. Há muitos sites confiáveis cujos conteúdos são produzidos ou selecionados por profissionais formados, professores pós-graduados e doutores, bem como manuais oficiais de línguas que podem servir de base para uma pesquisa bem embasada.

O segredo está em saber quais sites são confiáveis. A dica é verificar quem é o indivíduo ou a instituição/empresa responsável pela informação que você obteve. Dicas anônimas em redes sociais, por exemplo, não são confiáveis: elas podem até estar certas, mas o risco é maior.

152 7

8. Atenção aos homônimos, parônimos, etc.

Homônimos, homófonos e parônimos são palavras com grafia ou pronúncia igual ou semelhante, mas com significados distintos. Muitas vezes, os corretores automáticos são incapazes de verificar este aspecto: você está utilizando a palavra correta?

Na dúvida, a solução é fácil: consulte o dicionário.

152 12

9. Gírias e expressões populares

Procure evitar gírias e frases prontas na expressão escrita. São formas linguísticas com potencial danoso à mensagem ou ao tom pretendido, e ainda que não devam ser proibidas, devem ser usadas com cuidado.

As gírias, por exemplo, tendem a ser usadas dentro de grupos sociais específicos, tanto espacialmente quanto temporalmente: algumas são datadas, outras são marcadamente de uma região ou de outra, e há ainda as facilmente identificáveis com alguma classe social. Além disso, podem minar consciente ou inconscientemente a seriedade da mensagem, bem como a clareza.

No caso das frases prontas, ou expressões populares, o problema reside no fato de que estas são construções linguísticas genéricas, de significado gasto: além de terem perdido a força, soam inautênticas, ou clichês, já que parecem copiadas e coladas de outras falas. E, do ponto de vista formal, são geralmente deselegantes.

10. Peça para seu amigo revisar

A atenção das pessoas tende a recair sobre itens diferentes, e assim também com sua desatenção. Assim, uma boa ideia é pedir para um amigo ou colega revisar o seu texto para complementar a sua revisão. Você pode ficar chocado com a quantidade de coisas absurdas que deixou passar.

11. Avalie a eficiência

Seu texto tem um objetivo? Todo texto precisa ter um. Então, ao revisar o material, tente verificar se ele poderá cumprir seu objetivo junto ao interlocutor pretendido (isto é, o leitor).

  • Às vezes, queremos simplesmente comunicar algo. Então se pergunte: meu interlocutor irá compreender claramente a mensagem?
  • Às vezes, queremos convencer. Então questione: estou sendo convincente? Meu interlocutor irá seguir a mesma linha de raciocínio e chegar às mesmas conclusões?
  • Às vezes, queremos impressionar. É o caso de contos, romances, poesias. Você quer causar uma impressão. Ponha-se no ponto de vista do seu leitor e se pergunte: as técnicas que estou usando funcionam?

152 10

12. Avalie a coerência

Sempre achamos que o que escrevemos faz todo o sentido. Mesmo quando relemos, geralmente tendemos a ser indulgentes com nossas próprias palavras e ideias. O leitor, contudo, poderá estar lendo seu texto sem especial simpatia, analisando suas ideias puramente pela lógica. Por isso, ao reler seu texto no intuito de revisar sua consistência lógica, pergunte a cada sentença: isto contradiz alguma outra afirmação que fiz em meu texto?

Não espere que o leitor perdoe possíveis falhas de expressão ou de lógica textuais, ou que ele complete as lacunas lógicas do texto. É papel do próprio texto encadear as ideias de forma satisfatória.

13. Avalie a coesão estrutural

Esteja atento à estrutura do texto.

Assim como uma música, as partes que compõem um texto precisam estar em uma determinada ordem para que ele alcance seu objetivo, possuindo, geralmente, uma introdução e uma sequência de ideias que segue de forma lógica até a conclusão. Textos mal articulados, e portanto de pouca coesão, apresentam informações de tal forma aleatória que pouca diferença faria se os parágrafos fossem embaralhados em qualquer outra ordem (como em uma colagem abstrata).

152 11

Quando um texto é adequadamente coeso, cada uma de suas ideias é apresentada em uma localização adequada em relação ao todo, sendo peça essencial do conjunto. Em um texto bem executado, bem como em romances ou filmes bem estruturados, nenhum trecho parece estar sobrando ou faltando.

E cuide também a transição entre as ideias. Do contrário, a troca abrupta de assunto parecerá um erro de escrita.


* * * * *


Estas são as 13 dicas que considero as mais importantes para o revisor de texto. Em suma: aprenda a língua portuguesa tão bem quanto puder (sua norma culta, suas variações, seus usos em variados contextos, seu vocabulário), praticando leitura e escrita constantes, e utilize todas as ferramentas que estão à sua disposição (inclusive as de sua mente) para eliminar erros e deslizes de escrita.

foto do autor

Paulo Nunes

Escritor, editor, ilustrador e pesquisador



Merlin - Capista de Livros


SÉRIE NUM FUTURO PRÓXIMO

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

NUNCA PERCA UM POST







Merlin Capista de Livros Capas Promocionais - Merlin Capista de Livros Sobre Merlin - Capista de Livros Como Publicar seu Livro ou E-Book - Merlin Capista Criação de Capas de Livro - Merlin Capista Diagramação de Livro - Merlin Capista Portfólio de Capas de Livro - Merlin Capista Portfólio de Ilustrações e Design - Merlin Capista Orçamento - Merlin Capista de Livros Contato - Merlin capista de Livros Revisão de Texto Já! Quem Somos | Revisão de Texto Serviços de Revisão de Texto Como Funciona a Revisão | Revisão de Texto Contato | Revisão de Texto Orçamento | Revisão de Texto Portfólio | Revisão de Texto Tradução | Revisão de Texto Revisão de Texto Revisão de Livro | Revisão de Texto Formatação ABNT e APA, Formatação Acadêmica | Revisão de Texto Formatação de Citações ABNT | Revisão de Texto