Max Ernst - Surrealismo entre Sonhos e Pesadelos | Fantástica Cultural

Artigo Max Ernst - Surrealismo entre Sonhos e Pesadelos
G A L E R I AArte & Ilustração

Max Ernst - Surrealismo entre Sonhos e Pesadelos

Por Paulo Nunes ⋅ 20 jun. 2020
Compartilhar pelo FacebookCompartilhar por WhatsAppCitar este artigo

"Criatividade é a maravilhosa capacidade de visualizar realidades mutualmente distintas e desenhar uma faísca a partir desta sobreposição" - Max Ernst

Quanto mais prestamos atenção, mais estranho fica. Esse parece ter sido um dos segredos do pintor alemão Max Ernst, ao compor algumas de suas pinturas surrealistas mais famosas. Como os demais artistas que adotaram o surrealismo, como Salvador Dalí e René Magritte, Ernst tinha como objetivo trazer o estranhamento e a desorientação a partir da experiência perceptiva. Criar mágica, a partir da tinta. Suas cenas e paisagens parecem, à primeira vista, obras abstratas, fragmentos de formas, cores e texturas que seriam implausíveis no mundo real. São como visões de sonhos, imprecisas e incoerentes no conjunto, mas repletas de detalhes bem específicos e familiares, escondidos aqui e ali, para assombro do apreciador distraído.

Abaixo, selecionamos algumas de suas pinturas mais icônicas:


max ernst surrealismo
Vestido de Noiva - 1940
max ernst surrealismo
Floresta e Pomba - 1927
max ernst surrealismo
Epifania - 1940
max ernst surrealismo
Noite Sem Fim - 1940
max ernst surrealismo
O Anjo da Lareira - 1937
max ernst surrealismo
Alice - 1941
max ernst surrealismo
Paisagem com Lago e Quimeras
max ernst surrealismo
Os Bárbaros - 1937
max ernst surrealismo
Europa Depois da Chuva II - 1941
max ernst surrealismo
Napoleão no Deserto - 1941
max ernst surrealismo
O Eco da Ninfa - 1936
max ernst surrealismo
A Tentação de Santo Antônio - 1945
max ernst surrealismo
Árvore Solitária e Árvores Casadas - 1940
max ernst surrealismo
Nuvens, Sol e Mar - 1952
max ernst surrealismo
A Alegria da Vida - 1936
max ernst surrealismo
Leonora à Luz da Manhã - 1938
max ernst surrealismo
A Família Numerosa - 1926
max ernst surrealismo
Convolvulus! Convolvulus! - 1941
max ernst surrealismo
O Espelho Roubado - 1941

foto do autor

Paulo Nunes

Escritor, editor, ilustrador e pesquisador



Revisão de Texto Já!


SÉRIE NUM FUTURO PRÓXIMO

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

NUNCA PERCA UM POST







Merlin Capista de Livros Sobre Merlin - Capista de Livros Como Publicar seu Livro ou E-Book - Merlin Capista Criação de Capas de Livro - Merlin Capista Diagramação de Livro - Merlin Capista Portfólio de Capas de Livro - Merlin Capista Portfólio de Ilustrações e Design - Merlin Capista Orçamento - Merlin Capista de Livros Contato - Merlin capista de Livros